top of page

“Nosso desafio é vender a cidade, o cidadão porto-alegrense tem que falar bem daqui”, diz Júlia Evangelista Tavares



Foto: Pedro Piegas/PMPA

Os indicadores têm mostrado o resultado do trabalho intenso que vem sendo feito para “colocar Porto Alegre no mapa turístico do Brasil”, como define a Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Capital, Júlia Evangelista Tavares. À frente do cargo desde março de 2023, ela vem trabalhando forte na promoção do destino, já começa a colher resultados positivos e conversou com o Prospera.RS sobre esse cenário.


Ao olhar para o que já foi feito, Júlia começa afirmando que vivemos um bom momento no turismo, uma época propícia para o empreendedor. O Cais Embarcadero e as reformas na Orla do Guaíba são alguns dos exemplos de ações que vêm contribuindo para os números positivos. “Os grandes eventos também têm um impacto grande em toda a cadeia. São mais de 400 atividades envolvidas, como hotel, restaurante, táxis, motoristas de aplicativos e muitas outras. O South Summit, por exemplo, levou a ocupação hoteleira para 100%”, detalha. Em março, mais uma edição vai movimentar a economia. “O trabalho para buscar e manter eventos é permanente. Conquistamos um congresso de cardiologia que reúne mais de 10 mil médicos”, acrescenta.


Paralelamente às obras de infraestrutura turística e a essa dedicação constante à busca e renovação de eventos, há também uma atenção especial à oferta gastronômica. Conforme Júlia, esse é um ponto que beneficia tanto o morador, quanto o visitante. “Com um posicionamento gastronômico forte, conseguimos motivar o turista a ficar mais dias e, também, obtemos um ticket médio maior”, explica. Para a secretária, a Rota Cervejeira, o Quarto Distrito e o Bomfim são exemplos de lugares que estão recebendo atenção especial para crescerem nessa área.


2024 também será um ano de trabalho intenso em promoção turística, e Júlia espera contar com a ajuda dos porto-alegrenses: “Nosso desafio é vender a cidade, o cidadão porto-alegrense tem que falar bem daqui”. Com o dólar alto, a secretária avalia que teremos mais um ano com o turismo interno forte, o que contribui para viagens de carro para destinos mais próximos. E os gaúchos precisam conhecer as oportunidades que a Capital oferece. “Tanto os moradores do Estado, quanto uruguaios e argentinos podem aproveitar muito Porto Alegre e nós estamos trabalhando fortemente em promoção para esse público”, completa. 


Tudo isso, é claro, sem esquecer do resto do país e do Exterior, já que o Aeroporto Internacional Salgado Filho é a principal porta de entrada do Sul do país e vem aumentando a oferta de voos. “Superamos a pandemia e chegamos a 2024 com uma conjuntura favorável. Acredito que este será o ano de consolidar Porto Alegre no mapa turístico do Brasil”. Que assim seja!

337 visualizações0 comentário
Patrocínio:
Banrisul Vertical_colorazul.png
selo-120-anos-sicredi-pioneira-2022-01.png
logo-Sicredi-Serrana-2.png
bottom of page