top of page

Projeto escolhido para o trecho 2 da Orla do Guaíba prevê centro de eventos, anfiteatro e marina


Crédito das imagens: reprodução do projeto

O turismo de Porto Alegre ganhará mais um importante incremento. O anúncio do projeto escolhido para executar obras no trecho 2 da Orla do Guaíba aconteceu nesta sexta-feira e se integra às transformações que já colocam esse lugar entre os principais pontos turísticos da Capital. As principais obras são um centro de eventos para até 10 mil pessoas, um novo anfiteatro e uma marina pública. A proposta escolhida pela prefeitura ainda prevê uma esplanada para até 30 mil pessoas (veja os projetos nas imagens abaixo). O investimento total, considerando todos os itens obrigatórios, está orçado em R$ 400 milhões.

A consultoria Cheetah foi a responsável pelo desenvolvimento do projeto vencedor, e a execução acontecerá por meio de parceria público-privada. “A cidade assistiu à transformação de convivência urbana que foram os trechos 1 e 3 revitalizados. Agora, damos um passo adiante rumo a uma Porto Alegre mais moderna e aberta ao turismo e às atividades culturais em um espaço de alto padrão. O trecho 2 vai consolidar e conectar essa nova mentalidade”, afirmou o prefeito, Sebastião Melo.

A concessão para o trecho 2, que tem 134 mil metros quadrados, será de 35 anos e prevê que 20% do espaço deverá ter área construída. Como obrigações do concessionário, também constam uma reserva natural para os cágados que vivem na área, um farol com mirante, ciclovias, decks, áreas para eventos ao ar livre, playground para crianças, cachorródromo, caminho das flores e estacionamento. O projeto propõe, ainda, empreendimentos adicionais que poderão ser viabilizados pela iniciativa privada, como um museu/aquário, um hotel flutuante, uma instituição de ensino superior e um shopping ao ar livre.

Os próximos passos são a realização de consulta e audiência públicas e encaminhamento do projeto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). A previsão é cumprir essas etapas até o final deste ano, para que a publicação da licitação, a assinatura do contrato e o início das obras possam ser realizados em 2024.










162 visualizações0 comentário
Patrocínio:
Banrisul Vertical_colorazul.png
selo-120-anos-sicredi-pioneira-2022-01.png
logo-Sicredi-Serrana-2.png
bottom of page