Aos 90 anos, Aurora reafirma a crença no turismo com o lançamento de novas experiências


Matriz da Vinícola Aurora - Foto: Roaly Majola

Das nove décadas de vida da Vinícola Aurora, mais de cinco incluem os turistas no faturamento. Fundada em 1931 em Bento Gonçalves, cidade que tem o turismo como uma forte atividade econômica, a Aurora construiu uma história repleta de pioneirismo e inovação. Estudantes e visitantes percorriam a matriz e seus túneis quando visitar vinícolas não estava nem perto de se tornar corriqueiro como é hoje. Com adaptações e muito trabalho durante a pandemia, será possível, em dezembro de 2021, superar o número de turistas do mesmo mês de 2019, antes do coronavírus chegar até nós.

“Recebemos turistas há mais de 50 anos e ficamos felizes que em 2021, um ano especial pelo nosso aniversário de 90 anos, foi possível vislumbrar um cenário mais positivo, começando a sair desse momento tão difícil que vivemos com a pandemia”, afirma Ana Maria De Paris Possamai, supervisora de Turismo da vinícola. Por ser um negócio que sempre recebeu muitas excursões, a Aurora precisou se adaptar bastante durante esses tempos em que fomos obrigados a evitar aglomerações. Ana conta que quando foi possível começar a retomar, nem tudo voltou ao mesmo tempo. Primeiro, foi reaberta apenas a visitação, sem possibilidade de degustar os produtos. “Reabrimos com todos os protocolos e sem degustação porque não podíamos permitir que os turistas tirassem a máscara”, explica.

Loja do Vale dos Vinhedos - Fotos: Eduardo Benini

Outra adaptação significativa aconteceu em uma bebida que é uma marca da vinícola: o Keep Cooler. “Tivemos que passar a vender em garrafa long neck devido à crise de matéria-prima”, detalha. Porém, nada disso tirou o brilho e os bons resultados do ano do aniversário. Tem muitas notícias boas em meio às adaptações. Uma delas é a inauguração da loja do Vale dos Vinhedos, em julho, com uma experiência diferenciada de visitação. Por lá, o varejo tem apenas os produtos da marca Aurora - são mais de 13 marcas e 200 rótulos no total - e a degustação é restrita a produtos premium e harmonização com chocolates. “A loja contribuiu para termos atingido 160 mil visitantes neste ano, um número considerável levando em conta que ficamos fechados durante os tempos de bandeira preta e retomamos aos poucos”, analisa. Em 2019, pré-pandemia, o total de turistas na Aurora foi de 202 mil.

Tanto na loja do Vale dos Vinhedos quanto em outra experiência lançada neste ano, os turistas são recebidos e conduzidos por sommeliers e têm atendimento personalizado. A segunda novidade de 2021, lançada neste mês, é o Wine Walk, oferecido na unidade de Pinto Bandeira. “O turista faz um caminhada pelo vinhedo, acompanhado do sommelier, e recebe explicações sobre o terroir (que tem Indicação de Procedência), os tipos de uva que cultivamos e finaliza com um brinde e um box de finger food”, conta Ana.

Essa experiência é vendida exclusivamente pela plataforma Wine Locals, e a unidade também está abrindo aos finais de semana para piqueniques. Pelo aumento da procura do turistas por lugares abertos, Ana acredita que o retorno deve ser obtido em breve. “Aproveitamos a pandemia para colocar as ideias em prática”, diz. Em 2020, obviamente, o número de turistas caiu muito, fechando em 109 mil. Com o avanço da vacinação, a retomada passou a acontecer e está acelerada. Na matriz, a visita tem acontecido apenas com agendamento, porque é comum não ter mais horários disponíveis para quem chega sem marcar. "Mesmo com a pandemia, fechamos o ano do aniversário com muitos motivos para comemorar”. Que venha 2022!

Wine Walk - Foto: Zeto Teloken


33 visualizações0 comentário
Patrocínio:
Banrisul Vertical_colorazul.png
selo-120-anos-sicredi-pioneira-2022-01.png
logo-Sicredi-Serrana-2.png